• Marketing Innefro

A IMPORTÂNCIA DA NUTRIÇÃO EM PACIENTES EM DIÁLISE


Quando o indivíduo apresenta doença renal crônica, o rim não consegue eliminar adequadamente os restos dos alimentos digeridos e, nessa situação, deve-se ter uma orientação quanto à alimentação, que deve ter certos cuidados.


Ao iniciar o programa dialítico, a ingestão de proteína é maior do que no tratamento conservador, pois a perda de proteínas no processo de diálise pode ser significativa. Portanto, é essencial ter uma alimentação correta para evitar a desnutrição. Nesta fase, os níveis de fósforo e potássio já podem estar bem elevados e devem ser acompanhados de perto.


Para garantir a ingestão adequada de proteína, porém controle do fósforo, deve-se seguir algumas orientações, tais como:


EVITAR

  • Queijos;

  • Miúdos (moela, fígado, coração, sarapatel, dobradinha, chouriço, etc);

  • Embutidos (salsicha, mortadela, linguiça, salame, presunto, etc);

  • Oleaginosas (amendoim, castanhas, nozes);

  • Chocolates;

  • Coca-cola e Pepsi;

  • Cervejas;

  • Frutos do mar;

  • Peixes como: sardinha, atum, bacalhau e salmão;

  • Gema de ovo.

Evite também alimentos industrializados, que possuem conservantes que são grande fonte de fósforo facilmente absorvido no intestino.


Além dos cuidados com a alimentação, o controle do fósforo deve ser feito com o uso de quelantes (medicações que impedem a absorção do fósforo), se necessário. Este deve ser tomado durante as refeições e lanches segundo orientações.


Para controle do potássio, prepare verduras e legumes cozidos para as suas principais refeições. É importante ter uma tabela com uma lista de alimentos ricos e pobres em potássio para consulta, que pode ser fornecida pelo profissional que acompanha o caso.

Não coma carambola e não tome o suco natural da fruta, pois contém uma substância tóxica para os portadores de doença renal. Entre as manifestações destacam-se soluços, vômitos, fraqueza muscular, insônia, distúrbio de consciência, agitação, convulsão e morte. Inicialmente os sintomas eram vistos em pacientes que estavam em programa de diálise, porém, diversos estudos também mostraram o mesmo ocorrendo em pacientes em tratamento conservador.


Quanto à ingestão de líquidos, esta varia de acordo com a quantidade do seu volume urinário. De um modo geral, se você urina, a restrição de líquidos é 500 ml somados ao seu volume urinário em 24 horas. Se você não urina, a restrição é em torno de 500 ml ao dia. O ganho de peso entre uma diálise e outra (intervalo interdialítico) deve ser de 3 a 5% do peso seco. Por exemplo, para um paciente de 70 kg, o ganho entre uma diálise e outra deve girar em torno de 2,1 kg (3% do peso seco). Como regra geral, é importante não ganhar muito além de 2kg nesse intervalo e 3 kg aos fins de semana. O excesso de líquidos pode trazer consequências importantes, tais como: água no pulmão, falta de ar e aumento da pressão arterial.


Uma alimentação correta é essencial para que tenhamos sucesso no tratamento. É importantíssimo que o paciente esteja em acompanhamento com profissional especializado na área.


Veja abaixo as principais fontes destas substâncias


Fósforo:

  • Carnes em geral – peixe, frango, porco, boi. Alto teor de fósforo: sardinha, frutos do mar, miúdos, lingüiça, salsicha, presunto, mortadela, salame, peito de peru

  • Leite e derivados – queijos, iogurte, doce de leite, sorvete, chocolate

  • Oleaginosas – amendoim, castanha, nozes e avelãs, todas com alto teor de fósforo

  • Ovos

  • Grãos – feijão, ervilha, lentilha, grão-de-bico, soja

  • Refrigerantes a base de cola (alto teor de fósforo)

  • Cervejas (alto teor de fósforo)


Potássio:

Baixo teor de potássio:


FRUTAS

  • Abacaxi

  • Acerola

  • Ameixa fresca

  • Banana maçã

  • Caju

  • Caqui

  • Jabuticaba

  • Laranja lima

  • Lima da pérsia

  • Limão

  • Maçã

  • Manga

  • Melancia

  • Morango

  • Pêra

  • Pêssego

  • Pitanga

VERDURAS

  • Alface

  • Agrião

  • Almeirão

  • Cenoura

  • Escarola

  • Pepino

  • Pimentão

  • Repolho

  • Tomate

LEGUMES (Baixo teor de potássio se cozidos em água fervente e desprezando a água da fervura)

  • Abóbora

  • Abobrinha

  • Acelga

  • Batata

  • Berinjela

  • Beterraba

  • Brócolis

  • Chuchu

  • Couve-flor

  • Couve-manteiga

  • Espinafre

  • Mandioca

  • Mandioquinha

  • Quiabo

  • Vagem

Alto teor de potássio:

  • Abacate

  • Açaí

  • Água de coco

  • Banana prata

  • Banana nanica

  • Damasco

  • Figo

  • Fruta-do-conde

  • Goiaba

  • Graviola

  • Jaca

  • Kiwi

  • Laranja pêra ou bahiana

  • Mamão

  • Maracujá

  • Melão

  • Mexerica ou tangerina

  • Nectarina

  • Uva

Outros alimentos com alto teor de potássio:

  • Grãos: feijão, ervilha, grão de bico, soja

  • Frutas secas: coco, uva passa, ameixa seca, damasco

  • Oleaginosas: nozes, avelã, amendoim, amêndoa, castanhas, pinhão

  • Sal dietéticos ou light

  • Chocolate

  • Café solúvel

Sal (sódio):

  • Embutidos em geral – presunto, mortadela, bacon, linguiça, salame, salsicha.

  • Peixes processados e salgados: sardinha, atum, salmão, bacalhau, aliche e carne seca.

  • Queijos em geral, exceto ricota e queijo minas fresco.

  • Enlatados em conserva, como milho, ervilha, azeitonas, picles, palmito.

  • Margarina ou manteiga com sal.

  • Temperos e molhos prontos.

  • Sopas e alimentos de pacote.

Sabendo dos teores de cada substância, consuma conscientemente, pois alimentação é saúde. Esclareça com seu médico e nutricionista quaisquer dúvidas, saiba do resultado dos seus exames e participe ativamente de seu tratamento.

38 visualizações

RECEBA NOSSAS DICAS EXCLUSIVAS DIRETAMENTE NO SEU CELULAR/E-MAIL:

  • Nefrologia, Hemodiálise e Diálise em
  • Nefrologia, Hemodiálise e Diálise em
Nefrologia, Hemodiálise e Diálise em Pouso Alegre

 ENDEREÇO: Rua Lauro Nunes de Oliveira, 303,

Santa Doroteia, Pouso Alegre - MG, 37.553-632

 

©TODOS OS DIREITOS DESSE SITE SÃO RESERVADOS AO INNEFRO INSTITUTO DE NEFROLOGIA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DO CONTEÚDO DESSE SITE SEM APROVAÇÃO/AUTORIZAÇÃO PRÉVIA É PERMANENTEMENTE PROIBIDA.

O INNEFRO INSTITUTO DE NEFROLOGIA SE RESERVA O DIREITO DE CORRIGIR QUALQUER ERRO GRÁFICO VEICULADO NAS PEÇAS PUBLICITÁRIAS NESSE SITE. IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS.

SITE DESENVOLVIDO POR:

Logo_AgShare_Sau_Negativa.png